Barragem, inaugurada há menos de 2 anos por Ricardo Coutinho, ameaça romper e Olho D’água está em alerta

A barragem Pedra Lisa, entregue pelo ex-governador Ricardo Coutinho em junho de 2018, em Imaculada-PB, apresentou vazamentos e ameaça romper.

Print da matéria institucional sobre a inauguração da barragem Pedra Lisa divulgada na época

Um morador, ainda na tarde desta segunda-feira (27), gravou vídeo com imagens das águas que romperam parte da proteção da barragem e descem em direção a cidade de Olho D’água, na região do Vale do Piancó.

O reservatório tem capacidade para 4,9 milhões de metros cúbicos e custou na época, segundo informou o Governo da Paraíba, R$ 7 milhões.

Mapa mostra trajeto da água da barragem até Olho D’água.

O Corpo de Bombeiros Militar deslocou estrutura para passar a noite de ontem na cidade de Olho D’Água para agir em caso de rompimento. Equipes de Patos, Itaporanga, Sousa e Pombal estão dando suporte na ocorrência.

Órgãos do Governo do Estado trabalham na contenção para evitar um desastre.

No início da noite da segunda, diversos veículos de comunicação da região do Sertão começaram a divulgar as informações sobre o risco de rompimento e o perigo para os moradores de Olho D’água, tendo em vista que em caso de acidente no manancial toda a água desceria para o município.

Uma equipe da Polícia Militar também está auxiliando no monitoramento para informar as autoridades competentes e a população local.

por Marcelo José com edição do Papo Político

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.