“Paulo Freire representa fracasso da educação esquerdista”, diz titular do MEC

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, flertou com a possibilidade de retirar um mural do patrono da educação brasileiraPaulo Freire, que fica em frente ao Ministério da Educação (MEC). 

Em mensagem no Twitter, Weintraub afirmou, nesta quarta-feira (6), que Freire “representa o fracasso da educação esquerdista”:

“Devemos retirar o mural de Paulo Freire em frente ao MEC? Acho que deve ser mantido, até que o Brasil deixe de ser o pior país na América do Sul (PISA 2018).” 

O titular do MEC acrescentou:

“Paulo Freire representa o fracasso da educação esquerdista (FHC+PT). Um dia, o Brasil terá outro patrono da educação!”

A publicação ainda trouxe foto do imperador Dom Pedro 2º, com a frase: 

“Se não fosse imperador, desejaria ser professor. Não conheço missão maior e mais nobre.”

por Renova Mídia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.