TCE-PB referenda cautelar e mantém suspensa licitação da Prefeitura de Diamante

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) publicou decisão singular de nº 00047/2020 que aponta para indícios de supostas irregularidades na Tomada de Preço nº 01/2020, tendo como objeto a contratação de empresa para execução dos serviços de engenharia na construção de um ginásio de esportes no município de Diamante, no Vale do Piancó.

Por meio do Documento TC 25287/20, a empresa denuncia, em resumo, que, apesar de ter apresentado toda a documentação exigida no edital, foi informada de que não logrou êxito na habilitação para participação no certame, solicitando, por fim, a emissão de medida cautelar para suspensão do procedimento e habilitação da reclamante.

A ouvidoria do tribunal se pronunciou preliminarmente, entendendo “que o documento atende os requisitos estabelecidos no Art. 171 do Regimento Interno, com redação dada pela RN-TC 10/10, para ser tomado como denúncia, para averiguação das supostas irregularidades e, cautelarmente, proceder à apreciação do certame ora denunciado, em conformidade com a regra regimental disposta no Art. 195, § 1º, do RITCE/PB”.

Em sessão realizada pelo TCE no dia 05 de maio de 2020 , considerando as constatações da auditoria de que há indícios de supostos vícios que comprometem o certame e restringem a competitividade, e que sua continuidade poderá acarretar prejuízo à administração e aos licitantes, o relator determinou, cautelarmente, a suspensão da licitação mencionada, na fase em que se encontra, e apresentação, no prazo de quinze dias, de justificativas e dos demais documentos referentes à Tomada de Preços nº 01/2020, consoante Decisão Singular DS2 TC 00047/2020, fls. 64/66, ACORDAM os conselheiros integrantes da Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, por unanimidade.

A prefeita Carmelita de Lucena Mangueira terá prazo de 15 dias para se pronunciar a respeito da decisão do TCE-PB.

A denúncia

Os presentes autos dizem respeito à denúncia apresentada pelo representante da empresa Construtora Braço Forte Serviços e Locações Eirelli – EPP, Sr. Abílio Ferreira Lima Neto, com pedido de emissão de cautelar, em face da Prefeita de Diamante, Srª Carmelita de Lucena Mangueira, acerca de supostas irregularidades na Tomada de Preços nº 01/2020, tendo como objeto a contratação de empresa para execução dos serviços de engenharia na construção de um ginásio de esportes no município de Diamante.

por RepórterPB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.