RJ: secretário de Polícia Civil envia carta de demissão a Witzel

O secretário da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Marcus Vinicius de Almeida Braga, pediu exoneração do cargo em carta enviada ao governador Wilson Witzel neste sábado (30). Ele estava na função desde o início do governo Witzel, há um ano e meio.

No texto, Marcus Vinicius agradeceu a oportunidade, mas não explicou os motivos pelos quais decidiu sair do cargo.

O governo estadual confirmou a saída de Marcus Vinícius e informou que o delegado Flávio Marcos Amaral de Brito, que era subsecretário de Gestão Administrativa, assume a Secretaria da Polícia Civil.

Na semana em que foi alvo da Operação Placebo por indícios de corrupção na Saúde, Witzel perdeu um homem de confiança e meio a uma crise política.

Na última quarta-feira (27), a Justiça suspendeu a nomeação do ex-secretário de Saúde, Edmar Santos, também investigado, como secretário Extraordinário de Acompanhamento da Covid-19.

No dia seguinte, o próprio governador exonerou os secretários da Casa Civil e da Fazenda, o que foi visto com surpresa na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), onde há pedidos de abertura de processo de impeachment contra Witzel.

O partido Republicanos também anunciou a saída da base do governo em razão dos “fortes indícios de corrupção” e determinou a saída do secretário de Trabalho e Renda, Jorge Gonçalves.

por R7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.