MJ determina investigação sobre vazamento de dados de Bolsonaro

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, afirmou nesta terça-feira (2) que determinou à PF (Polícia Federal) a abertura de inquérito para investigar o vazamento de informações pessoais do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), seus familiares e demais autoridades.

As investigações devem apurar crimes previstos no Código Penal, na Lei de Segurança Nacional e na Lei das Organizações Criminosas, de acordo com o ministro.

O grupo de hackers conhecido como Anonymous Brasil divulgou na noite desta segunda-feira (1º) dados pessoais do presidente Bolsonaro, dos seus filhos Flávio, Carlos e Eduardo, além dos ministros Abraham Weintraub, da Educação, e Damares Alves, da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Outro aliado do governo federal que teve dados vazados foi o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP).

Parte das informações divulgadas na rede social é pública, como a declaração de bens, mas dados como telefone celular e endereços, que são privados, também foram expostos pelos hackers.

por Plínio Aguiar/ R7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.