Deputado paraibano dá vexame ao ser flagrado em sessão com garrafas de cerveja

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, não escondeu seu constrangimento com o vexame protagonizado, ontem, pelo deputado Jeová Campos (PSB), flagrado em companhia de garrafas de cerveja sobre a mesa enquanto participava de sessão remota da ALPB em que foram aprovados projetos e derrubados vetos a proposituras, oferecidos pelo Poder Executivo. O sistema de sessões remotas, por videoconferências, tem sido adotado excepcionalmente, pela Mesa da Casa de Epitácio Pessoa, para agilizar votações de interesse público na fase de calamidade decorrente da pandemia do novo coronavírus. Jeová explicou que havia almoçado com o irmão no sítio Angelim, município de Cajazeiras, antes da sessão remota, e teve tempo de tirar um cochilo antes de participar dos debates.

“Lamento que num dia tão produtivo em defesa do povo paraibano, infelizmente o fato de aparecerem duas garrafas de cerveja em cima de uma mesa repercuta mais que toda nossa atividade”, comentou Jeová, depois que o vídeo viralizou nas redes sociais. O deputado esqueceu de inverter a posição da captação da sua imagem pelo celular e começou a filmar o lado oposto de onde estava. Com isso, as imagens vistas foram de uma mesa com duas garrafas (vazias) de cerveja, uma rede e uma tábua de carne. Adriano Galdino, ao se deparar com a cena, tentou advertir o colega. “Deputado Jeová, as suas imagens…estão aparecendo umas garrafas, não está aparecendo vossa excelência, não. Melhore a imagem aí”, aconselhou o presidente, com o semblante de preocupação.

Presente à sessão virtual, a deputada Cida Ramos, do PSB, tentou fazer blague: “Está aparecendo tudo, Jeová”. O parlamentar contou, então, encabulado, que a câmara estava invertida e, por isso, estava aparecendo outra mesa. “Agora está ok?”, indagou, dando sequência à sua intervenção nas discussões. Pelas normas estabelecidas pela Mesa da Assembleia para as sessões remotas, a participação de deputados pode ocorrer de qualquer lugar onde ele se encontre, obedecidas as regras de decoro e postura. O Legislativo paraibano foi pioneiro na realização dessas sessões e ainda no começo desta semana o presidente Adriano Galdino, orgulhoso, apresentou um balanço das reuniões virtuais, destacando como ponto alto a produtividade por parte dos deputados e a relevância das proposições.

Jeová, que destoou do “script”, se disse desapontado com o incidente porque justamente ontem estavam em pauta alguns projetos de sua autoria, como o que impede planos de saúde de negar atendimento a pessoas com sintomas de Covid-19 mesmo sem o cumprimento do prazo de carência. Também foi derrubado o veto ao projeto que irá assegurar a entrega de medicamentos para doentes de Covid em domicílio. Na sua agenda pessoal, Jeová manteve, também ontem, reunião com o deputado Rubens Germano para tratar do projeto de lei de sua autoria que assegura um auxílio emergencial para a classe artística. Por tudo isso, lamentou a repercussão negativa. Mas se disse envaidecido por contribuir, “com a força do meu mandato popular e através do meu trabalho”, para que o povo da Paraíba tenha o apoio necessário para superar a atual fase difícil decorrente da calamidade sanitária.

por Nonatos Guedes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.