Hospitais seguirão funcionando após pandemia, diz governador João Azevêdo

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), anunciou nesta terça-feira (9), que os hospitais implantados para tratamento exclusivo da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, seguirão disponíveis à população mesmo quando a pandemia acabar. O anúncio foi feito em um vídeo divulgado nas redes sociais do governador.

João afirmou que o Estado optou por investimentos mais duradouros, já com o intuito de que os equipamentos fossem utilizados após a pandemia. Em Campina Grande, foi entregue o Hospital das Clínicas com 113 leitos, e em João Pessoa foi inaugurado um espaço exclusivo para os contaminados no antigo Hospital Santa Paula, com mais 150 leitos disponíveis.

“Já que nós iríamos fazer investimentos e são recursos do Estado, são recursos públicos, nós decidimos fazer investimentos em estruturas que permanecessem depois que passar esse momento da pandemia”, disse o governador.

Estruturas fixas

João Azevêdo citou, por exemplo, que no caso do Hospital das Clínicas, após a pandemia, será uma centro de referência para uma população de 70 municípios da região.

“Da mesma maneira, em Campina Grande, onde optamos em fazer uma estrutura definitiva, onde passada a pandemia, poderá ser utilizada pela população de 70 municípios. Então, optamos por fazer estruturas fixas, ao invés de estruturas temporárias, pois isso servirá para o futuro da saúde do estado”, completou Azevêdo.

por Portal Correio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.