Juiz autoriza reter R$ 6,5 milhões das contas de Ricardo Coutinho

O pedido foi feito pelo Ministério Público da Paraíba, através do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

“Alternativamente, na hipótese de não ser encontrado valores nas contas bancárias, proceda-se o bloqueio de veículos registrados em nome dos representados via RENAJUD e,sendo infrutífera a ação, proceda-se o sequestro de bens imóveis registrados em nome dos imputados”, diz trecho da decisão.

Ricardo é acusado de ser o comandante de uma organização criminosa que, através do uso de Organizações Sociais, desviou mais de R$ 134 milhões dos cofres públicos. O grupo é alvo da Operação Calvário desde dezembro de 2018.

A Medida Cautelar de Sequestro de Bens atinge, além de Ricardo Coutinho, Waldson Dias de Sousa, Ney Robinson Suassuna, Aracilba Alves da Rocha, Fabrício Paranhos Langaro Suassuna, Edmon Gomes da Silva Filho, Saulo de Avelar Esteves, Gilberto Carneiro da Gama e Sidney da Silva Schmid. No total, o juiz autorizou o sequestro de R$ 22,3 milhões das contas dos nove citados.

por Portal correio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.