Moro delira e diz que vídeo da reunião ministerial não favoreceu Bolsonaro

O ex-ministro Sérgio Moro disse nesta segunda-feira (22) que está contente com a repercussão da divulgação da gravação da reunião ministerial do dia 22 de abril.

Para Moro, a gravação “em nenhum momento” favorece o presidente Jair Bolsonaro.

“Eu me surpreendi com algumas pessoas dizendo que o vídeo ajudava [o presidente], que era positivo. Eu sinceramente tenho dificuldade em interpretar ele dessa maneira”, ressaltou Moro.

E prosseguiu:

“Acho que as pessoas são inteligentes. A gente tem que confiar na inteligência dos brasileiros. As pessoas veem o vídeo e as coisas que aconteceram, somam 1 + 1, e podem tirar suas próprias conclusões.”
Para o ex-ministro, o vídeo não é favorável ao presidente.

“De maneira nenhuma eu entendi que aquele vídeo poderia ser favorável”.
Realmente, puro delírio de quem perdeu o rumo.

Na realidade, Moro usou o vídeo para se vingar do governo. Conseguiu isso, com a saída de Abraham Weintraub, mas, por outro lado, demonstrou ao povo a sua verdadeira face, mergulhada num poço de vaidade, transformando-o num “ex”. Ex-juiz, ex-ministro e ex-herói.

Quanto ao presidente, teve reafirmada a sua condição de verdadeiro patriota e, com certeza, saiu do episódio com a popularidade ainda mais fortalecida.

Moro, por sua vez, definitivamente desmoronou.

por Jornal da cidade online

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.