Ministro anuncia liberação de verbas para Vertente Litorânea e CBTU na Paraíba

Após três anos da transposição na PB, açude de Boqueirão pode sangrar com águas de chuvas em 2020
Pela manhã, Marinho visitou a cidade de Itatuba, no Agreste do estado, para acompanhar as obras da Vertente na barragem Acauã. A obra é complementar ao Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco. Na mesma cidade, o ministro também visitou uma comunidade onde inaugurou um dos 40 sistemas de abastecimento de água que estão sendo entregues em 27 cidades paraibanas.

No início da tarde, a comitiva viajou para Campina Grande, onde foram acompanhadas obras de pavimentação, recapeamento asfáltico, drenagem urbana e instalação de pontes que estão sendo feitas noa bairros Bodocongó, Ramadinha e Distrito dos Mecânicos com recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Em entrevista rápida à TV Paraíba, Rogério Marinho falou sobre a importância da obra para distribuição de água em vários municípios atingidos pela seca.

“Só quem é do Nordeste sabe a importância da Transposição e das obras complementares. Eu sou do Rio Grande do Norte. A água chegou na Paraíba, vai chegar no Ceará e a ideia é que até meados do ano que vem a gente conclua o Eixo Norte e ela chegue ao Rio Grande do Norte, vamos ter todos os estados contemplados. A nossa ideia é, com as obras complementares, ampliar as áreas de irrigação e melhorar a questão hídrica. Os sistemas de abastecimento de água doce, que entregamos hoje, melhora a qualidade de vida das pessoas que passam a ter água potável nas torneiras”, disse.

À tarde o ministro foi para João Pessoa, onde assinou a liberação da verba para a CBTU. Segundo Marinho, o investimento vai possibilitar melhorias no serviço prestado pela companhia com a modernização de duas estações, implantação de desvios nas linhas e aquisição de tecnologia para agilizar o atendimento nas bilheterias.

No final da tarde ele se encontrou com o governador João Azevêdo (Cidadania) e, em seguida, assinou a liberação das verbas para conclusão da Vertente Litorânea.

A Vertente é um sistema adutor que vai integrar as bacias litorâneas com as águas do Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco disponibilizadas no Rio Paraíba após o abastecimento do Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão.

“A Vertente Litorânea é um fato. Na hora em que houve a segurança hídrica de Campina Grande com as águas chegando a Boqueirão, permitiu-se que ele pudesse deslocar suas águas para tornar perente também as Vertentes Litorâneas”, disse Marinho.

por G1 PB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.