Comerciantes organizam protesto contra recuo do prefeito Ivanes sobre flexibilização do comércio em Patos

As coisas não andam tão bacanas entre comerciantes e prefeitura de Patos, os trabalhadores demonstram total insatisfação com a decisão do prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda que, acatou a recomendação do Ministério Público da Paraíba, Ministério Público Federal e Ministério Público do Trabalho de não abrir o comércio em varejo e os shoppings devido a pandemia de covid-19.

“As lojas que teriam a liberdade de abrir nesta quarta-feira (01), não poderão mais fazer isso, mas vão poder continuar fazendo esse mesmo trabalho da seguinte forma: delivery ou techway que é a retirada do produto no local estabelecido. Portanto, a Prefeitura de Patos acata essa recomendação, revoga o decreto de número 35 e volta à vigência o decreto de n°32 que foi publicado no dia 14 de junho de 2020. Sendo assim, acatamos a recomendação do Ministério Público e passa-se a ter vigência o decreto 32 que estabeleceu uma série de disciplinas, mas não estabeleceu a abertura do comércio em geral”, explicou Jonas Guedes.

“Depois de preparem suas lojas para a volta gradativa das atividades, os comerciantes se deparam com mais uma recuada sem lógica do Prefeito. Estamos cansados, quebrados e sem dormir com tantas contas. Outros estão com depressão”, enfatizaram alguns comerciantes.

Segundo informações que chegaram a redação da TV SOL, os trabalhadores preparam um protesto e prometem fechar parte dos pontos que dão acesso ao comércio de Patos.

por portal Tv sol.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.