Vereadora Nadir incentiva campanha “sinal vermelho” contra violência doméstica, em Patos

Diante dos crescentes casos de violência doméstica no período de isolamento social, a Associação de Magistrados Brasileiros – AMB e o Conselho Nacional de Justiça – CNJ criaram a Campanha Sinal Vermelho, voltada para combater esta prática na sociedade.

Segundo a conselheira do CNJ, o objetivo da campanha é oferecer um canal silencioso, permitindo que essas mulheres se identifiquem nesses locais e, a partir daí, sejam ajudadas e tomadas as devidas soluções. É uma atitude relativamente simples, que exige dois gestos apenas: para a vítima, fazer um X nas mãos; para a farmácia, uma ligação.

Apoiadora da campanha, a veredora Nadir Rodrigues aderiu ao movimento como forma de estimular a preservação da vida das mulheres e integrar esta luta.

A parlamentar alertou que é preciso que a sociedade se mobilize pra enfrentar esse grande problema social: ” Todas as mulheres que se sentirem ameaçadas ou sofrerem qualquer tipo de violência podem denunciar é essa forma de acolhimento é eficiente para acolher e dar andamento às queixas”, explicou.

Dados do aplicativo SOS Mulher PB apontaram que os números de violência contra a mulher aumentaram mais de 100% durante o isolamento social na Paraíba. O maior aumento foi nos meses de fevereiro e março desse ano.

As vítimas podem denunciar os abusos por meio do desenho de um ‘X’ na palma da mão. A vítima pode se dirigir a uma farmácia participante da campanha e mostrar um X vermelho desenhado na palma da mão. Logo os funcionários já entrarão em contato com o 190 para que as medidas sejam tomadas.

por Assessoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.