Ministério da Saúde se prepara para realizar campanhas de vacinação contra o coronavírus

Com os avanços dos testes para a potencial vacina da Universidade de Oxford, no Reino Unido, contra o novo coronavírus, o Ministério da Saúde já começou a preparar um programa de vacinação contra o vírus no país.

A vacina está na fase três de testes e, no Brasil, duas mil pessoas participam dos ensaios em São Paulo, duas mil na Bahia e mil no Rio de Janeiro. No mundo todo, cerca de 50 mil pessoas ajudam a verificar a eficácia da vacina, considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a mais adiantada do mundo.

Diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças, Eduardo Macario afirmou, na quarta-feira (29), que o Sistema Único de Saúde (SUS) se prepara para viabilizar a ação a nível nacional: “Uma campanha que vai dar essa solução para o enfrentamento à Covid-19. Principalmente, protegendo toda a população brasileira”, disse durante entrevista coletiva.

  • Leia mais: Madonna defende uso de hidroxicloroquina contra Covid-19 e é notificada por conteúdo falso

“Nós estamos atentos às vacinas que estão em desenvolvimento no mundo. E, pelo óbvio, parece que a vacina de Oxford se mostra uma das vacinas mais promissoras. Esse ministério, de maneira célere, entrou numa encomenda tecnológica para comprarmos o quantitativo extremamente importante de vacina”, acrescentou Arnaldo Medeiros, secretário de Vigilância em Saúde.

“Nós estamos falando de Brasil, de SUS, que nós temos capacidade e capilaridade já estabelecidas pelos inúmeros programas de vacinação que esse país já desenvolveu, apresentou e realizou. Hoje mesmo tivemos reuniões de planejamento em nossa secretaria para que, chegando a vacina, a gente possa distribuir aos lugares mais remotos dentro da estratégia de vacinação que está sendo montada no nosso país”, ainda disse Medeiros.

Até a manhã desta quinta-feira (30), o Brasil já registrava 2.555.518 casos confirmados e 90.188 mortes pela Covid-19. No mundo todo, que tem 17.039.160 casos confirmados e 667.084, o país só fica atrás dos Estados Unidos, com 4.510.80 casos confirmados e 153.027 mortes.

por Exitoína

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.