Grupo de hackers vaza supostos dados de Michelle Bolsonaro

O grupo de hackers Anonymous Brasil vazou na manhã desta quarta-feira (26), no Twitter, o que seriam supostos dados privados da primeira-dama Michelle Bolsonaro. Entre os dados divulgados pelos invasores estão números de telefone, endereços residenciais e dados de cartões de crédito.

Procurado, o Palácio do Planalto ainda não se pronunciou sobre as postagens feitas pelo Anonymous Brasil. O grupo é o mesmo que em 1° de junho deste ano expôs supostos dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, dos filhos dele e também de ministros do governo.

Na época das invasões ao presidente e aos membros do governo, a Polícia Federal abriu investigação sobre o caso, que resultou na operação “Capture The Flag”, desencadeada no dia 26 de junho. Na ação, a polícia identificou três hackers como autores do crime: dois gaúchos e um cearense.

Além dos vazamentos, a polícia também descobriu que o trio clonou cartões de crédito de outras vítimas para comprar equipamentos eletrônicos, o que configura estelionato, e invadiram bancos de dados estratégicos, como o do Exército.

por Paulo Moura/Pleno News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.