No TSE: relator vota pela inelegibilidade de Ricardo Coutinho por oito anos

Pela 2ª vez um pedido de vista, adia o julgamento da AIJE de nº 0001514-74.2014.6.15.000, que pede a inelegibilidade de Ricardo Coutinho (PSB), por suposto abuso de poder político no período de sua reeleição para governador, em 2014.

Na sessão realizada nesta quinta-feira (27), o relator do TSE ministro Og Fernandes rejeitou as preliminares e deu provimento parcial aos recursos. Ele também negou provimento aos recursos ordinários interpostos por RC, Márcia, Waldson e Lígia.

A decisão de Og foi pela inelegibilidade de Ricardo Coutinho por oito anos. O que faria com que o ex-governador ficasse inelegível até 2022.

Entretanto o ministro Luís Felipe Salomão pediu vista pela 2ª vez e o julgamento da AIJE foi mais uma vez adiado. Na última terça-feira (25) ele já havia feito a solicitação.

O julgamento deve ser retomado nesta sexta-feira (27) em sessão extraordinária e caso a corte confirme a decisão do relator, RC não poderá concorrer às eleições deste ano.

por PB Agora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.