Dinaldinho deve anunciar na próxima terça-feira quem vai apoiar em Patos

O prefeito afastado de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, já decidiu que não ficará de fora do pleito 2020 na cidade. Mesmo com a queda da chapa antes anunciada, Dr. Érico Djan e Mirna Nóia, sua esposa, Dinaldo acredita que tem muito a contribuir com a política local.

Por isso, já comunicou aos seus aliados e militantes que anunciará na próxima terça-feira (01), qual será seu posicionamento nas eleições de novembro.

Segundo colheu a reportagem do Portal 40 Graus, existem conversações avançadas para que o MDB apoie a candidatura de Edjane Araújo (PDT), indicando o vice na chapa, que poderá ser a esposa do prefeito afastado Mirna Nóia.

O acordo com bem próximo de ser selado, segundo interlocutores e teria o aval do deputado Damião Feliciano (PDT) e do senador José Maranhão (MDB).

Dinaldo estava disposto a entrar de cara na campanha de Érico Djan, mas com a sua desistência, ele entende que mesmo não indo para reeleição, deve participar ativamente da campanha.

Como parte do jogo político, Dinaldo chegou a admitir nesta semana que poderá renunciar ao cargo.

Não renunciei porque acho que a cidade entraria em parafuso. Muito temeroso neste momento uma renúncia. Mas se não tratarem bem a cidade ou usarem politicamente o cargo, posso rever meu pensamento, porque estariam machucando a nossa cidade. Meus problemas pessoais ou meus pensamentos políticos não podem prejudicar a cidade de Patos”, argumentou Dinaldinho.

por Portal 40 Graus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.