Juíza proíbe verso de jingle que se refere a candidato como ”ficha suja” em Itaporanga

A juíza Francisca Brena Camelo Brito proibiu os candidatos a prefeito e vice-prefeito de Itaporanga, no Sertão da Paraíba, Paulo Robson Pinto da Silva (Paulinho de Zié) e José Armando de Melo e Silva Rodrigues (Zé Armando), respectivamente, de reproduzirem um verso de jingle de campanha que se refere ao candidato Divaldo Dantas como ”ficha suja”.

A proibição se estende a toda a coligação ”Coragem e competência para mudar” (Cidadania, MDB, Pros, PSC, Patriota e PCdoB), da qual os candidatos fazem parte. De acordo com a decisão, o trecho do jingle deve ser retirado das redes sociais em 24 horas, sob pena de multa de R$ 5 mil para cada manutenção/veiculação.

O pedido foi feito pela coligação ”Unidos por Itaporanga” (DEM, PP e Avante), da qual faz parte Divaldo Dantas, candidato a reeleição de prefeito da cidade. Os advogados da coligação afirmaram que o jingle era ofensivo a honra do candidato e deveria ser retirado do ar. A juíza deferiu o pedido em parte, determinando a retirada apenas do versos específico em que Divaldo Dantas é chamado de ”ficha suja”.

por Bárbara Wanderley

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.