Eleições nos EUA: Com 95% das urnas apuradas Biden passa Trump na Pensilvânia e se aproxima da vitória

Com 95% das urnas do estado apuradas, Biden agora tem 3.295.304 votos (49,4%) contra 3.289.717 (49,3%) de Trump, uma diferença de pouco mais de 5 mil votos.

A Pensilvânia tem 20 delegados no Colégio Eleitoral. Caso Biden vença neste estado, vai ultrapassar os 270 votos necessários para ser eleito presidente dos Estados Unidos.

De acordo com um funcionário municipal e um funcionário familiarizado com a contagem dos votos na Filadélfia ouvidos pela CNN, cerca de 25 mil votos ainda devem ser contabilizados na região.

Esses votos, no entanto, devem demorar um pouco mais para serem contados porque foram emitidos em cédulas provisórias ou requerem revisão devido a questões como datas e assinaturas.

As fontes disseram que os funcionários eleitorais da cidade começaram agora a analisar esse lote de votos. “Vai demorar um pouco”, disse uma das fontes.

A virada na Pensilvânia ocorre em meio a uma série de processos impetrados na Justiça pela campanha de Trump para interromper a apuração em alguns estados e até mesmo recontar votos.

A demora na apuração e a virada de Biden em alguns estados é explicada pela votação por correio. Boa parte dos eleitores republicanos foi às urnas presencialmente e, por isso, tiveram votos computados primeiro. Já os eleitores de Biden votaram massivamente pelo correio, o que atrasou a contabilização desses votos.

Donald Trump e Joe Biden disputam a Casa Branca
Foto: Carlos Barria / Reuters; Jonathan Ernst / Reuters

Conforme eles iam sendo contabilizados, Biden virou o jogo, primeiro em Michigan e em Wisconsin, na quarta-feira (4), na Geórgia, na quinta-feira (5), e na Pensilvânia, nesta sexta.

A apuração, no entanto, continua. Biden também lidera em Nevada e no Arizona. O presidente lidera no Alasca e na Carolina do Norte.

Caso essa tendência se confirme, o democrata pode ampliar sua vantagem no Colégio Eleitoral. Isso enfraqueceria politicamente a estratégia de Trump de contestar o resultado das eleições na Justiça.

Na quinta-feira (5), juízes de Michigan, Geórgia e Filadélfia rejeitaram pedidos da campanha republicana para paralisar a apuração.

(Com informações de Kate Bolduan e Mark Morales, da CNN)

por CNN Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.