Polícia investiga se crime contra candidato a prefeito de Santa Terezinha teve motivação política; veículo é recuperado

O suposto assalto que aterrorizou a família do candidato a prefeito de Santa Terezinha, Arimateia Camboim (Republicanos), neste domingo (8), deverá ter várias linhas de investigação, inclusive, se o fato criminoso teria conotações políticas. Pelo menos, foi o que informou o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Rômulo Ferreira de Araújo.

De acordo com o comandante, o crime foi cometido por cinco homens, que chegaram armados à fazenda de Arimateia Camboim por volta de 6h da manhã. Eles se identificaram como policiais federais, arrobaram a porta, amarraram cerca de 10 pessoas que estavam na residência, agrediram o candidato a prefeito e por cerca de duas horas permaneceram no local revirando móveis e objetos em busca de dinheiro e pertences de valor.

Os bandidos levaram uma quantia em dinheiro não revelada, objetos pessoais dos moradores e um veículo modelo Renault Duster, que já foi recuperado pela Polícia Militar abandonado cinco quilômetros depois da Fazenda.

“Até agora não temos nenhuma informação precisa de autoria. Mas, as diligências continuam e o caso está sendo repassado à Polícia Civil, que vai levantar as linhas de investigação para definir qual foi a motivação, se é situação política ou um simples assalto em virtude do final de campanha.

Segundo a Polícia Militar Arimateia é candidato a prefeito de Santa Terezinha e suspeita é que ele estivesse mantendo algum tipo de recurso em casa.

por Portal patos com Wscom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.