Carnaval 2021 no Rio de Janeiro será em julho; festa depende da vacina

O Carnaval do Rio de Janeiro vai acontecer em julho de 2021, com desfiles do Grupo Especial marcados para os dias 10 e 11 de julho. A decisão foi tomada, nesta segunda-feira (16), em plenária realizada pela Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa).

No entanto, o presidente da Liesa, Jorge Castanheira, ressalta que a confirmação da data ainda depende do cenário da pandemia: “Se tivermos vacina e imunização em julho, as escolas estão prontas”, afirmou Castanheira.

Desde o mês passado, o governador em exercício tem se reunido com os organizadores do Carnaval. Na última quarta-feira (9), a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio (Sececrj), a Liesa e representantes das agremiações começaram a tratar uma possível parceria para a realização do Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial do Rio em 2021.

Na ocasião, foi apresentado um projeto para o espetáculo do ano que vem. O Governo do Estado informou que ainda trabalha para que cada escola de samba receba cerca de R$ 1,5 milhão, através da Lei de Incentivo à Cultura, o que dependerá da arrecadação e da retomada econômica do Estado.

A intenção em unificar a data dos desfiles com outras capitais do país, como São Paulo e Salvador já vinha sendo levantada pela Riotur, conforme foi adiantado pela CNN, em setembro, durante entrevista com o presidente do órgão de turismo da prefeitura do Rio de Janeiro, Fabrício Villa Flor.

Na época, ele já havia informado que mantinha diálogo com representantes dos estados, como o secretário de Turismo de Salvador (Pablo Rodrigo Barrozo) para tentar juntar as comemorações.

Em geral, há uma grande preocupação dos governos por conta do impacto econômico do Desfile Oficial das Escolas de Samba do Carnaval do Rio. De acordo com estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas, com base na edição do evento em 2019, são gerados 36 mil empregos diretos e indiretos apenas nos cinco dias que compõe a realização dos desfiles no Sambódromo.

Esse número chegaria à aproximadamente 65 mil empregos, já que ao longo de todo o período de preparação do Carnaval nos barracões da Cidade do Samba. Nas quadras de escolas de samba são gerados aproximadamente outros 29 mil empregos diretos. O impacto econômico no último carnaval foi de R$ 2,2 bilhões de reais na economia da cidade do Rio de Janeiro, deixando um retorno aos cofres públicos de aproximadamente R$ 155 milhões de reais em tributos municipais, estaduais e federais recolhidos durante o evento.

por Camille Couto e Lucas Janone/CNN

Foto: Jairo Nascimento/CNN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.