Ex-presidente do Uruguai Tabaré Vázquez morre aos 80 anos

O ex-presidente uruguaio Tabaré Vázquez morreu na madrugada deste domingo (6) aos 80 anos, em decorrência de um câncer de pulmão, informou sua família, segundo a agência France Presse. Vázquez governou o Uruguai nos períodos de 2005 a 2010 e de 2015 a 2020.

“Com profunda dor, comunicamos o falecimento de nosso amado pai” às três da manhã “por causas naturais de sua doença oncológica”, informou em um comunicado seus filhos Álvaro, Javier e Ignacio Vázquez.

No Twitter, Álvaro Vázquez, oncologista de profissão como seu pai, indicou que “enquanto descansava em casa, acompanhado por alguns familiares e amigos, por causa de sua doença, Tabaré faleceu”.

“Em nome da família, queremos agradecer a todos os uruguaios pelo carinho recebido por ele ao longo de tantos anos”, acrescentou.

Tabaré Vázquez, um oncologista e ex-dirigente do clube de futebol local Progreso, foi o primeiro candidato da coalizão de esquerda Frente Amplio a se tornar prefeito de Montevidéu em 1989, e chegar à presidência – após duas tentativas frustradas – em 2005, quebrando com a hegemonia dos tradicionais Partido Colorado e do Partido Nacional.

O atual presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou, publicou no Twitter uma mensagem pela morte de Vázquez:

“Ele enfrentou sua última batalha com coragem e serenidade. Tivemos momentos de diálogo pessoal e político que valorizo ​​e irei lembrar. Ele serviu seu país e com base no esforço obteve importantes conquistas. Ele era o presidente dos uruguaios. O país está de luto”, escreveu.

Repercussão

Líderes latino-americanos se manifestaram frente à morte de Vázquez.

“Grande pesar pelo desaparecimento de um governante democrático e de um político de mente aberta”, escreveu o ex-presidente uruguaio Julio María Sanguinetti, do Partido Colorado de centro-direita, que também ocupou o poder por dois mandatos (1985-1990 e 1995-2000).”Como colorados, o saudamos com respeito e solidariedade por toda sua família”, acrescentou.

“Lamento muito o falecimento do ex-presidente uruguaio Tabaré Vázquez”, disse a vice-presidente argentina Cristina Fernández Kirchner. Sua chegada à presidência “ajudou a consolidar o ideal da Grande Pátria. Minhas condolências à família e aos amigos”, acrescentou no Twitter.

“Tive a sorte de desfrutar a relação com o ex-presidente Tabaré Vázquez. Se foi um cavalheiro político, um líder honesto e de bom senso que estreitou laços com a Argentina e o Mercosul. Meu respeito por sua memória e meu afeto à família e ao povo uruguaio”, declarou o ex-presidente argentino Mauricio Macri, cuja gestão coincidiu com a última administração de Vázquez.

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva postou uma foto com Vázquez, com a legenda: “Hoje perdi um amigo querido meu e do Brasil, Tabaré Vázquez”.

“Fomos presidentes juntos e só guardo boas memórias de sua atuação pela cooperação e integração da América do Sul. Hoje perdi um amigo querido meu e do Brasil. Minha solidariedade e sentimentos aos familiares, amigos e ao povo uruguaio, que preservará a memória e o legado de Tabaré Vázquez”, escreveu em nota.

“Nossas mais sinceras condolências e solidariedade ao povo uruguaio e à família pelo sensível falecimento de nosso irmão e ex-presidente Tabaré Vázquez, que sempre apoiou o processo democrático na #Bolivia e condenou o golpe de Estado”, expressou o ex-presidente da Bolívia Evo Morales.

por G1

Foto: Juan Mabromata / AFP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.