Suposto ‘nepotismo cruzado’ é apurado pelo MP em Piancó

O Ministério Público do Estado da Paraíba, instaurou um inquérito civil para apurar a prática de ‘nepotismo cruzado’ no município de Piancó, no sertão do estado. O procedimento vai investigar as circunstâncias em que ocorreram nomeações para cargos do 1º escalão na prefeitura, de parentes de vereadores do município.

O documento, assinado pelo promotor José Leonardo Clementino, recomenda que ocorra a exoneração de todos os ocupantes de cargos comissionados nessa situação, que possuem parentesco sanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com vereadores, inclusive o cargo de secretário do município.

Em caso de não acatamento, o gestor pode ser responsabilizado pela prática de ato de improbidade administrativa, por ofensa aos Princípios da Administração Pública.

por Ray Santana/TV Contexto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.