Itaporanga perde dez doses de vacina contra Covid-19 por acidente

A vacina contra o coronavírus é hoje o fármaco mais precioso do mudo devido à grande demanda pelo imunizante, especialmente no Brasil, onde o quantitativo de doses distribuído pelo Ministério da Saúde aos municípios não é suficiente para atender nem os grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de Vacinação.

Segunda cidade do Vale em quantidade de vacinas, Itaporanga recebeu até agora, em duas remessas, 319 doses de dois imunizantes diferentes contra a Covid, mas perdeu dez doses desse total por acidente no centro montado para atendimento aos pacientes da virose pandêmica. Segundo informações prestadas em um boletim policial lavrado na delegacia pela coordenadora de imunização do município, um frasco da vacina caiu e quebrou sobre o chão quando uma das vacinadoras tentava abri-lo. Isso foi no começo do expediente da última terça-feira, 26.

O registro policial sobre a perda das doses da vacina foi necessário para a prestação de contas sobre o destino do imunizante no município. A prioridade é a imunização de trabalhadores da saúde que atendam diretamente pacientes da Covid e, depois, idosos acolhidos em abrigos ou acamados. A Promotoria de Itaporanga acompanha a vacinação em todas as cidades da comarca para saber se a imunização está seguindo o que foi determinado pelo plano nacional.

por Folha do Vale Online

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.