Promotoria abre investigação para apurar irregularidades em 2 hospitais e 4 prefeituras no Vale do Piancó

A Promotoria de Justiça de Piancó começou o ano dando vazão à larga demanda de denúncias que apontam supostos crimes contra a administração pública em Prefeituras e hospitais da comarca.

Conforme portarias assinadas pelo promotor Leonardo Pinto nos últimos dias, serão investigadas a existência de suposto funcionário fantasma no hospital de Aguiar e a possível ocorrência da prática de nepotismo no hospital de Piancó. Os dois hospitais pertencem à administração estadual. O Ministério Público também apura denúncia de que alguns servidores do hospital piancoense e do anexo infantil teriam recebido, indevidamente, o auxílio emergencial, que é destinado a trabalhadores que ficaram sem renda por causa da pandemia.

Em relação às Prefeituras, a Promotoria apura que funcionários fantasmas estariam assombrando os cofres da Prefeitura de Piancó, especialmente lotados no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU. Em Igaracy, as denúncias indicam a contratação irregular de servidores pelo prefeito por critérios meramente políticos e funcionários com acúmulo indevido de cargos.

Em Santana dos Garrotes, a investigação ministerial afeta o prefeito e apura um suposto crime de improbidade administrativa por causa da locação de um imóvel pertencente ao esposo de uma vereadora. Já em Nova Olinda, a denúncia é que particulares estariam usufruindo indevidamente de combustíveis da Prefeitura.

por Folha do Vale

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.