Deputado do Rio de Janeiro acusa participante do BBB 21 de cometer ‘racismo contra pessoas brancas’

O deputado estadual Anderson Moraes, do PSL, apresentou uma notícia-crime contra a participante do BBB 21, Lumena, na Delegacia de Combate a Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, nesta terça-feira (9).

O pedido do político espera a abertura de um inquérito para apurar a prática de “racismo reverso” da psicóloga baiana.

No último sábado (6), após a Prova do Anjo, a sister fez críticas sobre a aparência da participante Carla Diaz, em uma conversa com Karol Conká. A psicóloga chamou a atriz de “Sem melanina”, “desbotada” e “olho de boneca assassina”.

Para o parlamentar, a fala da participante foi pejorativa e uma ofensa generalizada à raça branca.

“Um caso claro de racismo de duas jovens negras contra pessoas brancas”, disse. “Pedi para a Decradi apurar os fatos e se manifestar pela expulsão dela do programa. Se fosse o contrário, o que seria igualmente crime, já teriam se mobilizado para combater o racismo”, finalizou.

“Protocolamos uma notícia crime contra a participante Lumena pela fala pejorativa e ofensiva generalizada à raça branca”, escreveu o político em uma publicação em seu Instagram. Anderson quer que Lumena seja expulsa do programa.

A sister já esteve em diversas discussões no reality, e as ofensas à atriz ocorreram após o episódio da briga de Karol Conká e Carla Diaz. Procurados, tanto o deputado estadual quanto a Decradi não se pronunciaram sobre o assunto.

por FolhaPress

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.