Vice-presidente Hamilton Mourão diz que governo não é ditadura para impor toque de recolher nacional

O vice-presidente Hamilton Mourão diz que o governo federal não é uma ditadura para impor um toque de recolher válido para todo o país de forma simultânea, como foi proposto pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde. As informações são da Nathália Pase, da BandNews FM.

Em uma carta enviada ao Ministério da Saúde, os representantes estaduais listaram uma série de medidas para restringir a circulação das pessoas e tentar frear o avanço do coronavírus – aliviando também os hospitais.

Uma das propostas é adotar o toque de recolher entre oito da noite e seis da manhã, além dos finais de semana com fechamento de serviços não essenciais.

Hamilton Mourão, no entanto, fez críticas às sugestões:

“Cada população tem sua característica, se você analisar o país são cinco países diferentes em um só, o Norte é uma coisa, Nordeste é outra, etc e tal. Então, não adianta você querer impor algo nacional. E aí como é que você vai fazer isso para valer? A imposição? Nós não somos ditadura. Ditadura é fácil, sai dando bangornada em todo mundo”.

Ele ponderou, no entanto, que é preciso realizar campanhas de conscientização.

“Acho também que tinham que ter alguma atitude em relação ao transporte urbano, acho que nenhum gestor se preocupou muito com isso aí. É por aí. E conseguir acelerar as vacinas. Acelerando as vacinas a coisa anda de forma boa”.

por Uol com BandNews FM

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.