Cientistas brasileiros descobrem nova mutação do Sars-Cov-2, a variante E484K

Cientistas brasileiros identificaram uma possível nova variante do coronavírus, após realizarem estudo com o sequenciamento genético do Sars-CoV2.

A nova cepa possui mutação E484K, na proteína S, associada ao escape imunológico e, portanto, pode ter implicações para planejamento de novas estratégias para o controle da covid-19.

Segundo o estudo, que ainda precisa revisado por pares, as amostras coletadas foram de pessoas com resultados positivo para covid-19 entre 1 de dezembro de 2020 e 15 de fevereiro. As pessoas tinham faixa etária que variam entre 11 e 90 anos de idade, sendo 92 homens e 93 mulheres.

Os resultados permitiram a inferência das datas de origem de P.1 (linhagem de Manaus) e identificar que a linhagem do Rio de Janeiro, P.2, descrita no final de 2020 apresenta diversificação à medida que se espalha pelo país. Além disso foi possível reconstruir as rotas de transmissão interestaduais dessas duas linhagens.

Os resultados foram submetidos para periódico científico internacional e assinados por 22 pesquisadores. O estudo foi coordenado pelo LNCC (Laboratório Nacional de Computação Científica), UFRN, UFPB, UESC e UERJ.

por Uol

foto: Ilustração por Angelica Alzona/Gizmodo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.