Ação que pedia a impugnação do mandado do Prefeito de Nova Olinda é julgada improcedente

A Ação de Impugnação de Mandado Eletivo proposta por Manoel Virgolino de Araújo em face de Diogo Richelli Rosas e Maria do Carmo Silva, respectivos Prefeito e Vice-Prefeita eleitos no município de Nova Olinda-PB foi julgada improcedente nesta sexta-feira (23).

A sentença foi dada pelo Juiz Eleitoral Antônio Eugênio da 42ª Zona Eleitoral sediada em Itaporanga (PB).

A AIME argumentava que Diogo e Ducarmo teriam praticado oferecido vantagens financeiras em troca de votos nas eleições de 2020, o que restou comprovado que não foi verdade, motivo esse que levou o magistrado a julgar improcedente os pedidos da oposição.

A Ação foi julgada improcedente com resolução do mérito.

por Diamante Online

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.