Lula, Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo podem andar de mãos dadas rumo às Eleições de 2022 na PB

O Partido dos Trabalhadores, do ex-presidente Lula, está se reaproximando do PSB de Ricardo Coutinho e do PV de Luciano Cartaxo na Paraíba. A informação foi publicada pelo Estadão, no final de semana.

De acordo com a matéria, as reaproximações estão sendo possíveis graças a retomada dos direitos políticos do ex-presidente.

O PSB é encarado pelo PT como um parceiro histórico e, portanto, acelerou tratativas entre as duas legendas para possíveis alianças nos estados, sobretudo no Nordeste.

Na Paraíba, diz a matéria, depois de fortes desentendimentos na eleição municipal, também há aproximação entre o PT e o PSB. Está sendo construída uma frente de esquerda contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que envolve, além das duas siglas, o PV, PSOL, PC do B e UP.

O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB) disse que não cabe uma terceira via nas eleições presidenciais.

“Se nós temos uma primeira via, por qual motivo vamos em busca de uma terceira via?”, questiona.

Ele critica setores do partido que defendem candidatura própria do PSB.

“O cenário será de unidade. Esse papo de o PSB ter um candidato não se sustenta. Quem? Todos que tentaram não são do partido”, diz.

A formação da frente de esquerda na Paraíba também marca a reaproximação entre Lula e o ex-prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo.

Ele foi eleito prefeito pelo PT em 2012, mas deixou a sigla em setembro de 2015, quando o partido enfrentava seu momento mais difícil. Foi reeleito pelo PSD e depois migrou para o PV.

“Estamos olhando para a frente, para o futuro. É preciso ter a capacidade de aparar arestas e superar as divergências”, afirma Cartaxo.

A parceria entre PV e PT, por enquanto, está restrita à Paraíba. José Luiz Penna, presidente nacional do Partido Verde, diz que a sigla tem priorizado nacionalmente conversas com PDT, PSB, Rede e Cidadania.

“Estamos em oposição firme ao governo Bolsonaro, mas não temos muita segurança de que Lula seja o nome ideal para derrotá-lo. Vamos trabalhar por uma candidatura que una a centro-esquerda”, afirma.

Nas últimas semanas, além da Paraíba, o PT e PSB selaram parcerias políticas também no Piauí e no Amapá e iniciaram um movimento de reaproximação em Pernambuco, Sergipe e no Espírito Santo.

As cúpulas dos dois partidos afirmam que a reaproximação tem como foco a definição de estratégias políticas conjuntas e dizem que as eleições do próximo ano ainda não estão em pauta.

“É um estreitamento político, não necessariamente eleitoral. Tivermos uma conversa muito boa com o PSB para discutir como podemos ajudar o Brasil a sair dessa crise”, afirma a presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR).

por ParaíbaRádioBlog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.