‘Trata-se de um monstro’, afirma ministro da Justiça sobre Lázaro

De acordo com o governo de Goiás, houve um enfrentamento entre as equipes da polícia e Lázaro Barbosa. Uma fonte da investigação afirmou à CNN que Lázaro “nunca deixou de estar armado”.Esta é a primeira manifestação de um integrante do alto escalão do governo federal após a ação em Goiás.

Governo do DF defende operação

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, defendeu à CNN a ação policial que culminou na morte do acusado de ser um serial killer, Lázaro Barbosa.

“Certamente as polícias fizeram o seu trabalho dentro dos limites da lei”, disse. “Se o resultado foi a morte desse perigoso assassino certamente foi pela situação de confronto criada pelo próprio”, ressaltou.

As circunstâncias em que se deu a prisão apontam para um enfrentamento entre o suspeito e a polícia. De acordo com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, houve troca de tiros. Lázaro foi baleado e morreu.

por Basília Rodrigues/CNN

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.