Presidente do Haiti é assassinado a tiros em sua residência particular

O presidente do Haiti, Jovenel Moïse, foi assassinado durante a noite desta terça-feira (6), em sua residência particular em um “ato desumano e bárbaro”, disse o primeiro-ministro interino Claude Joseph em um comunicado nesta quarta-feira (7).

Um grupo de indivíduos não identificados atacou a residência particular do presidente haitiano durante a noite e o matou a tiros. A esposa de Moïse ficou ferida e está recebendo cuidados médicos, disse Joseph no comunicado.

O ataque ocorreu em meio a uma onda crescente de violência politicamente ligada ao empobrecimento do país caribenho. Com o Haiti politicamente dividido e enfrentando uma crescente crise humanitária e de escassez de alimentos, há temores de uma desordem generalizada.

“Todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do estado e proteger a nação”, disse Joseph.

Tiros foram ouvidos em toda a capital. Porto Príncipe vinha sofrendo um aumento na violência enquanto gangues lutavam entre si e a polícia pelo controle das ruas.

Moïse vinha enfrentando fortes protestos desde que assumiu a presidência em 2017, com a oposição acusando-o este ano de tentar instalar uma ditadura ao prolongar seu mandato e tornar-se mais autoritário – acusações que ele negou.

*Com informações da Reuters.

por Camila Neumam/CNN

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.