Diante do alto risco de infestação do Aedes aegypti, Prefeitura de Patos intensifica ações de combate e prevenção

A Prefeitura de Patos divulgou, nesta quarta-feira (21), o resultado do primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2021.

Na pesquisa, o resultado geral encontrado foi de 6,4%, considerado alto risco para surto de doenças transmitidas pelo mosquito, como a Dengue, Zika e Chikungunya.

De acordo com o coordenador da Vigilância Ambiental do município, José Júnior de Medeiros, o levantamento foi realizado no período de 12 a 16 de julho. Cerca de 140 focos foram encontrados em 2.167 imóveis visitados.

Ele destacou como importante o trabalho diário dos agentes de endemias, que identificam a frequência e os tipos de recipientes/criadouros predominantes dos mosquitos, para assim encaminhar medidas de ações de controle para áreas de maior risco dentro do município.

Ainda segundo o coordenador da Vigilância Ambiental, a maior parte dos focos (cerca de 86%), foi encontrada em depósitos móveis, a exemplo de baldes, tambores, caixas d´água rasteiras, vasos e pratos de plantas, bebedouros de animais, dentre outros recipientes que acumulam água.

Dentre as localidades com maior índice de infestação e ou transmissão da dengue e demais arboviroses, estão os bairros do Conjunto dos Sapateiros, Distrito Industrial, Bela Vista, Novo Horizonte, Liberdade, Brasília, Bivar Olinto e São Sebastião.

Ações de combate

Para baixar os índices, o município está intensificando ações de combate nas áreas com maior infestação e ou transmissão de casos.

O objetivo das ações é a eliminação de criadouros, orientações aos munícipes, e tratamento de recipientes quando necessário, além de monitoramento de notificações das arboviroses e realização de ações de bloqueio.

Além disso, medidas como o uso do carro fumacê – em parceria com o Governo do Estado, e a articulação com outras secretarias municipais estão sendo viabilizadas.
A Prefeitura de Patos também frisa que a colaboração da população é fundamental no combate ao mosquito, no sentido de seguir vistoriando as residências, evitando água parada e acúmulo de lixo.

por Coordecom

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.