Wilson Filho condiciona apoio ao governador João Azevêdo para se filiar a novo partido: “O PTB já é página virada”

Para o deputado estadual Wilson Filho (PTB), o PTB já é “página virada”. Em entrevista ao Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan, nesta sexta-feira (23), o líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) disse que ele e seu grupo ainda estão em processo de definição para qual partido irão se filiar, mas que o apoio à reeleição do governador João Azevêdo (Cidadania) será fator predominante na escolha.

“A gente ainda está tomando a decisão, conversando com o nosso grupo. O PTB já é página virada, não é mais a nossa casa, não é mais um ambiente confortável para o perfil de política que gostamos de fazer”, disse.

A decisão de saída de Wilson e seu grupo ocorreu após o PTB nacional, comandado por Roberto Jefferson, provocar uma mudança radical na sigla na Paraíba e destituir o seu pai, o deputado federal Wilson Santiago (PTB), do comando partidário, para dar lugar a Nilvan Ferreira e ao bolsonarismo.

Wilson disse que a decisão de saída da sigla foi acompanhada por todos os prefeitos e vice-prefeitos eleitos, além dos candidatos derrotados em 2020 e dos deputados filiados, e que essa condição faz com que o partido hoje, no comando de Nilvan, esteja praticamente “natimorto”.

“Desejo todo o sucesso, mas o novo presidente vai ter um grande trabalho pois ele [o PTB] está praticamente natimorto aqui na Paraíba”, afirmou.

Sobre a futura filiação, que só poderá ocorrer no próximo ano por conta da janela partidária, o deputado afirmou que o grupo aguarda as definições das regras eleitorais, que devem ocorrer em outubro deste ano, para poder tomar uma decisão. Ele afirmou que um fator que será prioridade na escolha do novo partido é o apoio à reeleição do governador João Azevêdo.

Bancada de apoio ao governador

Perguntado sobre qual é o real tamanho, em números, da bancada de apoio ao governador João Azevêdo na Assembleia, Wilson respondeu que está em “permanente crescimento”. Atualmente são 24 deputados estaduais na base, de um total de 36. Ele falou ainda que a bancada vem recebendo muitas paqueras, e uma delas seria com o Progressistas, representado por três parlamentares hoje.

Um deles, inclusive, disse que já integra a base de apoio ao governador. Foi o caso de Dra. Paula. Wilson afirmou que ainda não conversou com ela sobre, mas que a tendência é que de fato o partido venha a integrar a base do governador devido a demonstrações recentes de apoio, a exemplo da candidatura do prefeito eleito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), que teve apoio do governador em 2020.

O líder do governo ainda garantiu que todos os deputados que fazem parte da base política na ALPB também estão compromissados com a candidatura de reeleição de Azevêdo no próximo ano.

por Polêmica Paraíba

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.