Patoenses saem às ruas neste domingo (01) a favor do voto auditável

Manifestantes protestam a favor do voto impresso nas eleições de 2022 na manhã deste domingo (01), aqui em Patos. O ato foi também de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A concentração teve início por volta das 08h00m (oito da manhã) em um estacionamento de um posto de combustível, localizado no Campo da Liga, saída para Santa Terezinha.

Por volta das 9h, a carreata teve início pelas principais avenidas da cidade. Os manifestantes seguiram até a Praça Getúlio Vargas, aconteceu algumas falas, a exemplo do vereador Josmá Oliveira (Patriota) e do Dr. Ramonilson Alves (que poderá disputar uma vaga de deputado por Patos nas próximas eleições).

“O voto auditável, não é retrocesso, é garantia, é avanço, é segurança”, disse Dr. Ramonilson, afirmando que, o que está se pedindo é reforçar a segurança da urna eletrônica. Ele exemplificou que todos querem mais segurança em suas casas, nos seus comércios, e com a urna, não pode ser diferente, por isso o país quer e precisa de mais segurança e transparência, afinal estamos escolhendo aqueles que vão está no comando da nação.

“Clareza, transparência, controle social e seriedade democrática: quanto mais, melhor. Voto auditavel é uma camada a mais de segurança e lisura do processo eleitoral. Voto auditavel: SIM”, divulgou Ramonilson em suas redes sociais.

Ao final todos cantaram o Hino Nacional, e o evento foi encerrado em clima de paz e tranquilidade.

por Patos Online

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.