Queiroga: todos os brasileiros com mais de 18 anos estarão vacinados em setembro

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou, ontem, 31, que em setembro toda a população brasileira com mais de 18 anos estará vacinada contra o novo coronavírus. A afirmação foi feita em Presidente Prudente (SP) por ocasião do credenciamento de um hospital local ao Sistema Único de Saúde (SUS). O evento contou com a participação do presidente Jair Bolsonaro, de outros ministros, de parlamentares, e foi repleto de discursos eleitorais. Queiroga, inclusive, é um dos ministros apontados como possível candidato nas eleições do ano que vem. Ele poderá disputar um mandato legislativo pelo seu Estado natal, a Paraíba, conforme o presidente Bolsonaro admitiu em recente entrevista à rádio Arapuan, de João Pessoa.

Em seu discurso, além da previsão de vacinação, Marcelo Queiroga reiterou o discurso do governo do binômio saúde e economia em meio à pandemia, destacou o pagamento do auxílio emergencial e disse que o país crescerpa 5% este ano. Segundo os números mais recentes do ministério, 40.546.2320 brasileiros já estão com a imunização completa e 99.482.506 tomaram apenas a primeira dose. O governo, no entanto, não informa em seu site oficial qual a porcentagem da população está vacinada. Porém, apesar de a vacinação ter avançado nas últimas semanas, não raro Estados e municípios têm interrompido a aplicação por falta de doses.

Na noite de sexta-feira, o governo federal editou uma Medida Provisória que altera a Lei 14.124, sancionada em março e que facilita a compra de medicamentos e vacinas para o combate à pandemia de covid-19. Na prática, segundo o site “Congresso em Foco”, isto significa a extensão da dispensa de licitação, bem como a manutenção de regras flexíveis para remédios que ainda estejam em fase de desenvolvimento. Conforme a alteração, o prazo de vigência da Lei, que iria até ontem, ficará em vigência “enquanto durar a declaração de emergência em saúde pública de importância nacional, independentemente do seu prazo de execução ou de suas prorrogações”. O texto da MP ainda precisa passar por aprovação do Congresso Nacional.

por Os Guedes

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.