PCO comemora tomada de poder do Talibã no Afeganistão

O Partido da Causa Operária (PCO), legenda de extrema-esquerda famosa por defender regimes totalitários como da Coreia da Norte, fez um comunicado bastante controverso em suas redes sociais no último final de semana. Em uma postagem feita no sábado (14), o partido celebrou a “vitória” do grupo extremista Talibã no Afeganistão e a retirada das “ocupações imperialistas”.

– Ao bater em retirada, o imperialismo estadunidense revela a crise em que se encontra. Sem sombra de dúvida, o avanço do Talibã representa uma enorme vitória sobre os piores inimigos dos oprimidos de todo o planeta. Pelo fim das ocupações imperialistas! – escreveu a sigla no Twitter.

Junto da publicação, o partido compartilhou uma arte com a frase “a vitória do Talibã contra o imperialismo é uma vitória de todo povo oprimido”. As afirmações, é claro, geraram muitos protestos nas redes sociais, com internautas questionando a opressão aplicada pelo grupo extremista contra as mulheres, por exemplo.

– Mulheres afegãs à beira de perderem todos os direitos humanos possíveis, e esquerdinha me falando de vitória contra o imperialismo – escreveu uma internauta.

Confira a situação em Cabul, no Afeganistão, Fotos: EFE/EPA/Stringuer

Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão

Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão
Confira a situação em Cabul, no Afeganistão

O Talibã completou a tomada de poder do Afeganistão no domingo (15), com a tomada de Cabul, capital do país, e a fuga do presidente Ashraf Ghani. A queda do governo afegão acontece 20 anos após o grupo extremista ser expulso de Cabul pelos Estados Unidos, que invadiram o país dias após os ataques de 11 de setembro de 2001.

por Paulo Moura

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.