Nota de Repúdio: Aisp repudia qualquer ataque contra imprensa e se posiciona a favor da equipe TV Sol

A AISP vem por meio desta, repudiar ataques caluniosos feitos pelo perfil no Instagram do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), após a veiculação de imagens feitas pela TV Sol de uma agressão de um morador de rua contra a sua companheira na manhã desta sexta-feira (27), no centro de Patos.

No comentário infeliz, alguém emitiu sua opinião pessoal se utilizando de um perfil institucional e tentou intimidar a Imprensa transferindo as suas responsabilidades não cumpridas à equipe de reportagem.

Assim como a TV Sol, nós também não entendemos qual o tipo de intervenção diante daquela situação que o CMDM esperava da equipe de reportagem! Naquele momento, uma mulher estava sendo agredida e garantir a integridade física da equipe também se fazia importante, sobretudo, diante das informações que o indivíduo já havia sido flagrado, dias antes, supostamente portando uma arma branca.

Lembramos que, naquele momento, a equipe de reportagem da TV Sol entrou imediatamente em contato com a Polícia Militar que, assistiu as imagens gravadas e, momentos depois, ao encontrar o casal, o conduziu até a central de polícia.

As imagens flagradas coincidentemente pela TV Sol levou ao conhecimento da sociedade patoense um fato que, acontecia longe dos olhos da sociedade.

O que Patos precisa, nesse momento, é de políticas públicas para dar solução ao crescente aumento de moradores de rua na cidade nos últimos meses.

O que nos surpreende, enquanto entidade representativa dos profissionais de Imprensa de Patos e do Sertão paraibano é a postura do CMDM de buscar entrar, primordialmente, em confronto virtual com a equipe da TV Sol que apenas realizava o seu trabalho, do que ir em busca de informações sobre o estado em que a vítima das agressões se encontrava e dar uma solução para o seu caso.

Após a abordagem da PM, a vítima das agressões chegou a afirmar para os policiais que só iriam levar o seu companheiro à delegacia caso ela pudesse também ir com ele.

Repudiamos a manifestação desnecessária e aquém de seu objetivo real por parte do CMDM e nos solidarizamos com a vítima das agressões e com a equipe da TV Sol, vítima de ataques caluniosos na data de hoje.

Que esse fato sirva de exemplo para que as mulheres não se calem e lutem contra todo e qualquer relacionamento abusivo!

por AISP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.