Policiais não vacinados contra a Covid-19 são afastados na Paraíba

O comando da Polícia Militar da Paraíba determinou o afastamento de agentes da Segurança Pública sem a imunização contra a Covid-19. Além disso, outros policiais tiveram suas funções modificadas para evitar a contaminação aos demais membros, já que não tomaram a vacina.

Em média 300 policiais estão sem tomar a vacina no estado e o Ministério Público da Paraíba interviu e solicitou informações a cerca da quantidade de policiais imunizados e que ainda faltam tomar a vacina.

A vacinação dos agentes de Segurança Pública foi iniciada no dia 8 de abril, com imunizantes distribuídos de acordo com critérios do Plano Nacional de Imunização (PNI).

As recomendações, segundo o comando da polícia, é que os resistentes não tenham contato com os policiais que já estão imunizados.

Os servidores da área administrativa que negaram a vacina já estão afastados dos postos de trabalho.

Segundo informações do promotor Guilherme Soares, os resistentes à vacina têm argumentos religiosos, políticos, ideológicos e a maioria fala que tem receio de efeitos colaterais. A PMPB fez avaliações sobre cada recusa e entrou em contato com comandantes de cada batalhão e os resistentes.

De acordo com a PMPB, menos de 4% da corporação não está imunizada.

por SB Informa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.