Brasil chega a 200 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 aplicadas

O Brasil atingiu, neste sábado (4), a marca de 200 milhões de doses contra a Covid-19 aplicadas. Pouco mais de seis meses após o início da campanha no país, em 17 de janeiro, 62% dos brasileiros já receberam a primeira dose da vacina.

Para efeito de comparação, o país demorou cerca de cinco meses após o começo da vacinação para chegar às 100 milhões de doses. Os dados são das secretarias estaduais de saúde levantados pela CNN.

Atualmente, os estados aplicam os imunizantes Coronavac/Butantan, Oxford/AstraZeneca, Pfizer e Janssen.

Até a manhã deste sábado (4), 200.084.868 doses foram aplicadas. Em relação ao percentual da população vacinada, pouco mais de 30% tem o esquema vacinal completo — ou seja, recebeu as duas doses ou a dose única da Janssen.

O Brasil é o 64º país no ranking global de aplicação de doses da vacina contra a Covid-19 a cada 100 habitantes. O comparativo é feito com base nos cálculos do Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford, no Reino Unido.

Entre os países que compõem o G20, grupo das 20 maiores economias do mundo, o país ocupa o 12º lugar, com 94,48 doses aplicadas a cada 100 habitantes. Já em relação ao número de doses absolutas, o Brasil é o quarto país que mais aplicou vacinas comparado com o resto do mundo.

A China segue em primeiro lugar, com mais de 2 bilhões de doses aplicadas. Proporcionalmente, o estado que conta com o maior número de pessoas com o esquema vacinal completo é o Mato Grosso do Sul.

Pelo menos, 45,89% da população do estado elegível para a imunização já recebeu as duas doses de vacinas ou a dose única da Janssen. O principal efeito da vacinação se mostra na queda dos casos, mortes e internações por conta do coronavírus.

Nesta sexta-feira (3), por exemplo, 14 estados brasileiros registraram menos de 10 mortes pela Covid-19. Além disso, dados sobre a ocupação de leitos no país, também desta sexta, mostram que apenas um estado — Roraima — que divulga os dados públicos ou públicos e privados juntos tem taxa de ocupação das UTI’s acima de 80%.

Com o avanço da vacinação, inclusive com a imunização de adolescentes de 12 a 15 anos, estados e o Ministério da Saúde já discutem agora a aplicação de uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19, a chamada terceira dose.

Até este sábado, seis capitais já começaram a aplicar o reforço: Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Luís (MA), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Goiânia (GO). A capital paulista deve começar na próxima segunda-feira (6).

Porém, a maioria das capitais diz aguardar orientações do Ministério da Saúde, além de contar com o envio de doses suficientes, para começar o reforço.

De acordo com o Ministério da Saúde, 233.185.798 doses de vacina foram distribuídas aos estados brasileiros. Monitoramento da CNN aponta que 85,8% delas já foram aplicadas na população.

por Carolina Figueire do Mariana CatacciGiulia Alecrimda CNN

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.