TSE decide investigar apenas os atos de 7 de setembro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu investigar se os atos do feriado de 7 de Setembro foram financiados por empresários ou políticos. A decisão partiu do corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Luís Felipe Salomão, que também pretende investigar se os atos configuraram propaganda eleitoral antecipada de Jair Bolsonaro.

Salomão quer apurar se houve pagamento de transporte e diárias para manifestantes. De acordo com um vídeo que circula pelas redes sociais, uma empresa de São Paulo teria pagado “camisa, transporte e R$ 100” para pessoas irem ao protesto.

O corregedor-geral incluiu a investigação em um inquérito que já corre no TSE em relação aos questionamentos do presidente Bolsonaro sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas. Essa é a primeira consequência judicial dos atos no inquérito.

No mesmo dia dos atos em apoio ao governo Bolsonaro, manifestantes da esquerda reuniram-se no Anhangabaú, no Centro da capital paulista, para protestar contra o governo, sob o tema “Vida em Primeiro Lugar”.

por Monique Mello

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.