Em Patos, entidades denunciam que mamógrafo está quebrado há um ano e preparam ato público em protesto contra o descaso

Na manhã desta terça-feira, dia 29, na Casa de Apoio ao Portador do Câncer, localizada no Bairro Belo Horizonte, em Patos, aconteceu uma reunião com a presidente da Amigas Viva a Vida, Hígia Lucena, Aline Ana, do Movimento Olga Benário, com Flávia Cristina, do Coletivo APOENA e com o vereador sindicalista José Gonçalves (PT).

Em pauta estava a discussão sobre a ausência do mamógrafo do Sistema Único de Saúde (SUS) que está quebrado há um ano. O equipamento atendia, em média, 180 mulheres que apresentavam problemas de nódulos nas mamas e que realizavam exames por solicitação médica em Patos e região.

No mês de outubro se terá início ao movimento nacional “Outubro Rosa”, que tem por objetivo a campanha nacional em prevenção ao câncer de mama. O mamógrafo é o equipamento mais necessário para o diagnóstico preciso, porém, está sem funcionar na cidade de Patos.

Na reunião, ficou determinado que a campanha para que a Secretaria de Estado da Saúde e do Município de Patos solucionem o problema irá continuar. Em vários locais da cidade de Patos, a Amigas Viva a Vida espalharam faixas pedindo solução para o problema e essa ação será intensificada com um protesto no próximo dia 5 de outubro, às 07h30, em frente da sede da Prefeitura Municipal de Patos. 

Os presentes na reunião acordaram em mobilizar toda a sociedade para o ato e pediu para todos se unam em prol desta causa.

por Jozivan Antero/Polêmica Patos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.