Vereador patoense, Emano Araújo, cobra mais flexibilidade do governador João Azevedo sobre a cobrança de ICMS

O vereador patoense, Emano Araújo, se pronunciou na semana passada sobre uma declaração do governador da Paraíba, João Azevedo, que teria mencionado o estado com maior crescimento em vagas de emprego em todo o país, só no mês de agosto passado.

Emano disse que a declaração do governador não expõe algo que, na sua opinião, não condiz com o crescimento que o mesmo destaca.

“Mas ele não faz por onde os empresários empregarem mais. Cobra ICMS absurdo, e ainda fica nas redes sociais dizendo que não cobra. Ultimamente, vários donos de postos de combustíveis me procuraram dizendo que estavam cobrando o ICMS sobre o frete. Quem já viu cobrar ICMS sobre frete?”, questionou o vereador.

Por esse motivo, o vereador Emano considera que o governador João Azevedo não vem cumprindo com sua palavra, uma vez que na prática vem adotando cobranças que não estimulam a empregabilidade no setor privado, tendo como exemplo o ramo de postos de combustíveis.

“O governo do Estado não dá emprego não, quem dá emprego é empresário. Então, quero saber o que esse governador está pensando da nossa Paraíba. Eu acho que ele tá querendo ser um segundo Ricardo Coutinho. Ele tem que ser um pouco mais maleável nessa pandemia. Nós empresários sofremos, estamos sofrendo, e não sabemos até onde iremos conseguir segurar os nossos funcionários”, externou.

Ouça mais detalhes no áudio que segue:

por Patosonline.com

Áudio: Câmara Municipal de Patos/Edição Higo de Figueiredo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.