Após denúncia de vereador, profissionais da saúde de Patos serão beneficiados

O Ministério Público de Contas da Paraíba-MPC-PB, recebeu denúncia do vereador Josmá Oliveira(Patriota), contra a Prefeitura de Patos, relativo ao cumprimento de progressões funcionais dos servidores da saúde do município de Patos.

O documento foi assinado pelo promotor de justiça, Luciano Andrade Farias, e determina a gestão municipal de Patos, que não mais rejeite os pedidos de progressão funcional dos servidores, com base na vedação existente no Decreto Municipal 01/2021 assinado pelo prefeito Nabor Wanderley, e pela Lei Complementar 173/2020.

Josmá alega que o município vem descumprindo vários dispositivos da Lei Municipal Nº 4.275/2013, devido a existência de pelo menos uma centena de profissionais que estão com protocolos (anexo) de progressões e
demais direitos encaminhados e não concedidos pelo município, gerando ato de improbidade administrativa.

Um uutro ponto questionado pelo vereador diz respeito ao descumprimento da Lei Federal Nº 8142/90, e pelo fato do município não está divulgando os relatórios de gestão previstos no artigo 4º da Lei Federal 8080/90.

O vereador aponta na denúncia que o município possui plano de carreira, cargos e salários (PCCS), mas nunca implantou, e que há dezenas de profissionais com protocolos de até 05 anos sem deferimento da sua progressão vertical.

Nossa reportagem entrou em contato com o procurador do município, Alexandro Lacerda para prestar esclarecimentos sobre a denúncia. Até o fechamento da matéria não conseguimos resposta.

por Genival Júnior

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.