Doria vai ao interior da Paraíba e causa mal-estar ao perguntar a plateia: ‘Quem aqui já foi a Dubai?’

Em campanha de prévias presidenciais do PSDB neste sábado, o governador de São Paulo, João Doria, foi na sexta-feira a Guarabira, município de 59 mil habitantes na região do brejo paraibano. Ao participar de uma coletiva para a imprensa local na Câmara de Vereadores, o paulista protagonizou episódio que tem repercutido num vídeo nas redes sociais. Ao discorrer sobre soluções para a seca que assola o Nordeste, Doria citou o exemplo da rica cidade de Dubai, nos Emirados Árabes, que prosperou em meio ao deserto, e pediu à plateia que aqueles que já tivesse ido a Dubai levantassem o braço.

Em vão. Apenas dois deputados presentes fizeram o sinal.

— É possível mudar. Vá a Dubai, nos Emirados Árabes, onde São Paulo tem um escritório que foi inaugurado em fevereiro de 2020. Dubai era um deserto completo. Completo. Não tinha um fio de água. Quem aqui já foi a Dubai, se puder levantar o braço. Alguém aqui já teve essa oportunidade ? É uma transformação — afirma Doria.

Estavam presentes o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB-PB), vereadores do município, o prefeito de Guarabira, Marcos Diogo, o presidente do diretório do PSDB da Paraíba, Pedro Cunha Lima, e a deputada federal Edna Henrique (PSDB-PB).

De acordo com tucanos que acompanhavam o encontro, o comentário destoou do contexto local:

— Aqueles que entendem a a realidade local do brejo paraibano sabem que ir a Dubai é algo distante — afirma, reservadamente, um correligionário.

Apoiadora declarada de Doria nas prévias, a deputada Edna Henrique saiu em defesa do governador paulista:

— Todos compreenderam que ele (Doria) se referia a uma região e a um país que têm as mesmas características secas e mesmo assim conseguiram se desenvolver. O riso foi porque só o Ruy Carneiro (deputado) levantou o braço. A região do brejo é riquíssima, exportadora de avicultura. Era uma entrevista com jornalistas e pessoas que conhecem e sabem muito bem o que é Dubai — afirma Edna. — Não vi nada demais ele fazer essa pergunta. Ele (Doria) perguntou também: “quem não sofreu a dor de perda que passamos na pandemia?” E o governador tem esse jeito de comunicar fazendo perguntas. Estranhei os comentários críticos.

Doria viaja nesta segunda-feira para a Expo Dubai para ampliar negócios entre São Paulo e os Emirados Árabes. Empresários e companhias como BRF, Ambev e Raízen integram a comitiva.

Em nota, a assessoria de comunicação de Doria na campanha nas prévias do PSDB informa que a pergunta do governador sobre quem foi a Dubai foi “apenas retórica para explanar como a seca que tanto afeta milhões no Brasil, pode ser amenizada quando há vontade política e investimento tecnológico”.

“Ao visitar a cidade de Guarabira, na região do Brejo da Paraíba, em campanha pelas prévias do PSDB na última sexta-feira, o governador João Doria explicou como a tecnologia pode amenizar a seca e expandir a capacidade de produção agrícola. Ao ser questionado, em coletiva de imprensa, na Câmara Municipal ao lado de lideranças políticas, citou o mecanismo de gotejamento e usou como exemplo a cidade de Dubai, nos Emirados Árabes, que aplicou a tecnologia e revolucionou a produção de frutas. A pergunta foi apenas retórica para explanar como a seca, que tanto afeta milhões no Brasil, pode ser amenizada quando há vontade política e investimento tecnológico”, diz a nota da assessoria do governador paulista.

Nas últimas semanas, as prévias do PSDB se acirraram e os candidatos têm intensificado as viagens em busca de apoio nos diretórios dos estados. Na Paraíba, o partido está dividido entre Doria e o governador Eduardo Leite, do Rio Grande do Sul. Enquanto o cacique Pedro Cunha Lima, presidente do diretório estadual, apoia Leite, outros líderes estão com Doria. O paulista tem voto declarado de Ruy Carneiro e Edna Henrique, assim como outros diversos políticos locais. Em razão desse racha, Cunha Lima disse que o diretório decidiu não declarar apoio a nenhum dos candidatos.

O ex-prefeitos de Manaus Arthur Virgílio também concorre a indicação do PSDB para disputar o Palácio do Planalto em 2022 , mas tem se mostrado menos ativo na campanha. As prévias estão marcadas para o dia 21 de novembro.

por Sonar/O Globo

foto: Zimel / Agência O Globo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.