Cabo Daciolo filia-se ao Brasil 35 e lança pré-candidatura à Presidência

Cabo Daciolo filiou-se ao partido Brasil 35 e lançou a sua pré-candidatura às eleições presidenciais de 2022 na 6ª feira (29.out.2021). Como de costume, em seu discurso, falou em Deus e pediu que os eleitores filiem-se ao seu novo partido.

“Nós estamos aqui hoje para construir, para construir uma nação com uma equipe verdadeira, com coração e com amor. Eu acredito.”

Antes de passar a palavra para a presidente do partido, Suêd Haidar Nogueira, Daciolo disse que os integrantes da sigla não estão atrás de poder, mas de transformação. “Nós não estamos atrás do poder pelo poder. Se nós quiséssemos cadeira, estaríamos vendo deputado, senador, até mesmo um governador, mas não têm o poder da transformação de mudança.”

PRISÃO DE PAULO GUEDES

O pré-candidato do Brasil 35 declarou também que, se for eleito, o ministro da Economia, Paulo Guedes, será preso.

“O senhor Paulo Guedes… Eu quero deixar um recado bem claro para o senhor Paulo Guedes. Uma vez Daciolo presidente, varão, você vai ser preso, varão. Você vai ser preso e eu vou falar o porquê. Você é um traidor da pátria! Você tá matando o nosso povo. Você, no início do teu governo, o senhor falou que se o dólar chegasse a R$ 5, é porque fizemos muita coisa errada. Então já estamos em R$ 5,60. Meu irmão, pede para sair e vai cuidar das suas empresas lá no paraíso fiscal do senhor”, afirmou Daciolo.

Assista à filiação e anúncio da pré-candidatura de Daciolo (23min26seg):

QUEM É CABO DACIOLO

Daciolo foi deputado federal pelo Rio de Janeiro de 2015 a 2019. Ele candidatou-se ao Planalto em 2018 pelo Patriota, ganhando notoriedade nacional pelas participações nos debates.

Relembre as participações de Daciolo nos debates em 2018 (5min43seg);

Mesmo com pouco tempo de TV e desconhecido dos eleitores, conquistou mais de 1,3 milhão de votos (1,26% dos votos válidos), ficando em 6º lugar no 1º turno.

Na última 5ª feira (28.out), seu nome voltou a ser lembrado ao vir a público para questionar a sua não inclusão na lista de possíveis postulantes ao cargo em 2022. Em seu perfil no Twitter, Daciolo perguntou: “Cadê o Daciolo?”, indicando que iria concorrer.

BRASIL 35

O PMB (Partido da Mulher Brasileira) mudou de nome para Brasil 35 em abril deste ano, quando era cotado para receber o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e os seus filhos.

Fundado em 2008, o PMB elegeu 46 vereadores e uma prefeita nas eleições municipais de 2020. Conquistou o registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 2015. Na esfera federal, não elegeu nenhum deputado ou senador.

por Poder 360

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.