Alemanha registra inflação mais alta dos últimos 28 anos, alimentos, energia doméstica e combustíveis subiram de preços

Índice supera 4% pela primeira vez desde 1993. Alta é puxada pelo aumento nos preços no fornecimento de energia, o que também gera preocupação em toda a Europa. Líderes da UE vão discutir meios de mitigar o problema.A Alemanha registrou sua maior inflação em quase 28 anos. Os preços ao consumidor aumentaram em 4,1% em setembro, em comparação ao mesmo mês do ano anterior, segundo estimativas iniciais do Departamento Federal de Estatísticas (Destatis) divulgadas em (30/09/2021).

A última vez que a inflação passou de 4% na Alemanha foi em dezembro de 1993, quando atingiu 4,3%.

A nova alta é atribuída ao aumento nos preços do setor de energia, enquanto a recuperação global da pandemia de covid-19 gera uma demanda crescente por petróleo e outros combustíveis. Também contribuíram os aumentos significativos nos preços dos alimentos básicos.

Em setembro, os consumidores alemães pagaram 14,3% a mais pelo fornecimento de energia doméstica e combustíveis do que há um ano.

por Deutsche Welle/IstoÉ Dinheiro

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.