Vereador é morto na entrada de casa após voltar de um culto

O vereador Denis Lucas (Republicanos), da cidade de Itapevi, em São Paulo, foi morto nesta quarta-feira (17) quando entrava na garagem de casa, após retornar de um culto religioso. O assassinato ocorreu por volta das 22h. De acordo com a polícia, nenhum objeto do parlamentar foi levado. Denis era membro da Igreja Universal do Reino de Deus.

Segundo os policiais, o vereador, que tinha 47 anos, foi atingido na cabeça no momento em que fechava o portão da garagem. Os investigadores apuram qual seria a motivação do crime. Denis deixa esposa e uma filha.

Por meio das redes sociais, o presidente do Republicanos em São Paulo, Sergio Fontellas, lamentou a morte:

– Recebemos, há pouco, a triste notícia do falecimento do nosso vereador Denis Lucas, da cidade de Itapevi. Em nome do Republicanos São Paulo, expresso os meus sentimentos a todos os familiares e amigos do Denis, que vinha desempenhando um importante papel na política do município. Que Deus possa confortar aqueles que sentem a sua perda neste momento – escreveu.

O prefeito da cidade de Itapevi, Igor Soares, também manifestou seus sentimentos pela morte de Denis que, segundo ele, pode ter sido vítima de um latrocínio. Segundo o gestor municipal, Denis era “um cara do bem, que lutava pela defesa dos valores cristãos” e “fazia um grande trabalho social e de evangelização”.

– Meus sentimentos a todos [os] amigos e parentes – completou Igor.

por Paulo Moura

foto: Câmara Municipal de Itapevi/Cunha Junior

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.