Covid-19: Com ajuda de lei aprovada na Alemanha Bayern reduz salário de atletas que não foram vacinados

Na Alemanha, foi aprovada uma lei que permite a redução do salário de pessoas que não foram vacinadas contra a Covid-19, caso elas percam dias de trabalho por conta da quarentena. A nova medida afeta, inclusive, jogadores de futebol, como Eric Maxim Choupo-Moting, Mickaël Cuisance, Jamal Musiala, Joshua Kimmich e Serge Gnabry, do Bayern de Munique. As informações são do portal UOL.

Os atletas citados acima ainda não foram imunizados contra a Covid-19. A redução salarial deles poderá acontecer com base no número de dias que os jogadores terão para cumprir a quarentena. Eles foram afastados após contato com uma pessoa que testou positivo para o novo coronavírus, segundo o jornal alemão, Bild. O veículo relatou ainda que Kimmich já teve o salário reduzido.

O Bild aponta também que o clube alemão planeja emitir um alerta e quer aumentar a pressão para que seus atletas se vacinem.

O estado da Baviera, onde fica a cidade de Munique, avalia a possibilidade de introduzir a vacinação obrigatória a fim de combater a nova onda de infectados na região.

por Pleno.News

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.