Imprensa nacional diz que Queiroga e Cássio podem disputar a vaga de senador nas eleições de 2022

Após sofrer diversas derrotas e enfrentar dificuldades no Senado, o presidente Jair Bolsonaro escolheu a Casa como prioridade nas eleições de 2022. Ele traçou uma estratégia de lançar nomes de visibilidade, com condições de se eleger e formar uma bancada forte, no caso de um segundo mandato. Para viabilizá-la, no entanto, precisa conciliar seus interesses com os do seu futuro partido e de legendas da base que também querem lançar candidatos, neste sentido a edição deste domingo (21) do jornal O Globo trouxe que o atual ministro da Saúde o médico Marcelo Queiroga, bem como o do ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) já estudam disputar as eleições de 2022.

Segundo a reportagem, no ano que vem um terço das vagas do Senado estará em disputa (27 entre 81 cadeiras). Das que serão abertas, 13 são de parlamentares que costumam atuar em oposição ao governo (48%) e que poderão concorrer à reeleição. Atualmente, também é de um terço (33%) a fatia de senadores que geralmente se opõe ao Palácio do Planalto nas votações. A Casa rendeu dores de cabeça ao governo, como a CPI da Covid, que desgastou a popularidade presidencial e originou pedidos de indiciamento.

Na Paraíba, a matéria traz que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, é cotado para disputar o Senado, mas não confirma a intenção, bem como o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que também disputaria tal vaga ao Senado. Veja detalhes: https://oglobo.globo.com/politica/bolsonaro-esbarra-em-interesses-conflitantes-de-partidos-aliados-para-aumentar-base-no-senado-em-2022-1-25285368

por PB Agora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.