Operação Calvário: Ação que envolve conselheiro do TCE será julgada dia 15 pelo STJ

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgará na sessão do dia 15 de dezembro a ação penal nº 982, que tem como alvos, dentre outros, o ex-governador Ricardo Coutinho e o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado Arthur Cunha Lima. O relator do processo é o ministro Francisco Falcão.

O caso – Em 19 de outubro de 2020, o Ministério Público Federal promoveu denúncia contra Ricardo Coutinho, Arthur Cunha Lima (pai e filho), Diogo Maia da Silva Mariz, Gilberto Carneiro e Daniel Gomes da Silva. A denúncia está delimitada a fatos relacionados à apontada corrupção e consequente lavagem de capitais envolvendo o julgamento no TCE/PB dos processos de Tomada de Contas (TC nº 437/12 e nº TC 7351/12), de interesse da Organização Social Cruz Vermelha Brasileira – Filial Rio Grande do Sul (CVB/RS) e de relatoria do Conselheiro Arthur Cunha Lima.

Este processo não trata de outros assuntos delituosos envolvendo a organização criminosa supostamente instalada no Governo do Estado da Paraíba, nem a fatos estranhos à Tomada de Contas nº 437/12/PB e nº 7351/12/PB, ainda que envolvendo alguns dos denunciados.

Consta dos autos o acordo de colaboração premiada celebrado com Daniel Gomes da Silva, que versa especificamente sobre os fatos objeto da denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal.

por Osguedes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.